Casais mostram ser possível iniciar relacionamentos sérios na internet

luis adorno vendo o perfil de bruna brasil no facebook

ROMANCE. Luis Adorno e Bruna Brasil se conheceram na internet e namoram há mais de um ano | Luísa Monteiro

Um mês antes de começar a frequentar as aulas de Jornalismo na faculdade, Bruna Brasil, na época com 17 anos, recebeu uma solicitação de amizade no Orkut.

Era de um futuro colega de sala, Luis Adorno, que havia a encontrado em um grupo da instituição.

Após adicioná-lo, as conversas no MSN levaram a amizade a um nível mais alto. Um ano depois, aquela relação se transformaria em um namoro.

Desde o início de 2012, os dois estão em um relacionamento sério. Hoje, assim como Bruna e Luis, diversos casais nascem no mundo digital.

A jornalista Patrícia Kishimoto, 29, conheceu o músico Rafael Gonçalves, 33, por meio do site Par Perfeito, em janeiro de 2008.

Até então, Patrícia, embora paulistana, morava em Manaus com seus pais e estava prestes a se formar.

“Todas as madrugadas, enquanto eu fazia minha monografia, conversávamos pelo MSN. Combinamos que, quando retornasse à SP, nos encontraríamos. Obviamente, em local agitado”, conta ela.

Apesar de desconfiada por se envolver com alguém que não conhecia pessoalmente, marcou um encontro (sua família estava ciente disso) e decidiu apostar na relação.

Patrícia e Rafael estão casados há um ano.

PEDRA NO CAMINHO

Os desafios para quem se apaixona pela internet, no entanto, não são poucos. A recepcionista Mizráim Nascimento, 20, e o estudante de Direito Jorge Simões, 23, enfrentaram resistência por terem se conhecido on-line.

“Meus pais foram muito resistentes no começo, eles ficaram com medo, pois não o conheciam e por isso não queriam aceitar o início do namoro”, relata Mizráim.

E se, por um lado, as redes sociais podem contribuir para o início de um relacionamento, por outro, elas também podem prejudicar a relação.

Por esse motivo, a estilista Lina Zeenni, 23, e o estudante de Direito Thiago Vodola, 24, sempre conversam sobre o que ocorre nas redes. O casal se conheceu no Facebook e já namora há nove meses.

“Combinamos de contar tudo o que fosse importante ao outro, sejam recados, solicitações inusitadas, conversas com o ex. Por isso nunca brigamos ou perdemos a confiança no outro”, diz Lina.

Para Patrícia Kishimoto, o segredo está no diálogo. “Hoje, muitos casais acham que horas e horas de conversa através das redes sociais substituem a conversa pessoalmente, olho no olho. Mas não substitui. E essa é a dica para evitar brigas.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: