Brechós ganham versão virtual e se tornam nova aposta de empreendimento

raira venturieri à frente de um computador ligado num brecho online

PECHINCHA ON-LINE. Raíra Venturieri também vende itens de seu armário em brechós da internet | Luísa Monteiro

O brechó on-line é a nova plataforma de comércio na internet. Funciona como o modelo tradicional, que vende produtos usados, em boas condições, por um preço mais acessível.

Para iniciar o negócio, não é necessário alto investimento: basta um domínio no mundo digital e disposição para selecionar peças bacanas do guardarroupas que você não usa mais.

Muitos já apostaram na ideia, e foi a partir dela que sites como Enjoei e Dress Like a Nerd foram criados.

Para a proprietária do Dress Like a Nerd, Bárbara Zanella, 24, o maior desafio é manter o estoque atualizado.

O lema do Dress Like a Nerd é ‘O seu lixo pode ser o luxo de alguém’.

“Sempre digo que é um trabalho de formiguinha: garimpar, lavar, higienizar, reformar e fotografar uma peça de cada vez.”

Já a publicitária Ana Luiza McLaren, 30, teve a ajuda do marido, Tiê Lima, 32, para fundar o Enjoei, que é hoje uma febre no Brasil.

Depois de três anos como blog, o site foi ao ar no início de 2012 e já conta com um time de 30 pessoas encarregadas das atualizações da página no Facebook, com mais de 780 mil seguidores.

Diferente do Dress Like a Nerd, o Enjoei também comercializa outras categorias de produtos, como automóveis, itens esportivos, eletrônicos, câmeras fotográficas, livros etc.

Mas o site é apenas um mediador entre o vendedor e o comprador. Nenhum dos itens passa pela equipe, responsável por selecionar e divulgar os produtos.

A repórter Raíra Venturieri, 24, costuma fazer compras on-line pelo menos uma vez por mês.

“Como fico muito tempo no computador, é muito fácil entrar em uma página e ver uma coisinha. Não tem que sair de casa, provar, perder tempo, e a sensação feliz de compra é a mesma”, confessa.

Certa vez, Venturieri gostou de uma bolsa que viu no Enjoei, mas achou o preço de R$ 180 muito alto.

“Joguei as especificações no Google e, em cinco minutos, encontrei o mesmíssimo produto por R$ 70”, comenta Raíra ao dar a dica de que é sempre bom fazer uma pesquisa antes de comprar pela internet.”

dicas para evitar dor de cabeça na hora de comprar on-line

Arte: Anderson Leonardo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

HTML básico é permitido. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine este feed de comentários via RSS

%d blogueiros gostam disto: